Como a síndrome de Burnout afeta médicos e outros profissionais de saúde? - Medpedia
15

Como a síndrome de Burnout afeta médicos e outros profissionais de saúde?

Médica no consultório com sintomas de burnout médico.

Comum entre os médicos, a síndrome de Burnout é responsável por diversos sintomas prejudiciais à prática clínica. Reconhecer hábitos nocivos à saúde mental é essencial para evitar o esgotamento profissional.

A exaustão profissional é uma característica presente em muitas profissões e, para os médicos, isso não é diferente. Muito tem se discutido sobre a síndrome de Burnout na Medicina e seus efeitos na saúde mental.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a saúde mental está relacionada “à forma como uma pessoa reage às exigências, desafios e mudanças da vida e ao modo como harmoniza suas ideias e emoções”.

Nesse contexto, o Burnout médico leva o profissional a um nível de desequilíbrio severo de sua saúde mental, que pode ser identificado a partir da manifestação de sinais e conflitos gerados pelo estresse crônico no ambiente de trabalho.

A síndrome de Burnout pode estar presente em todas as especialidades médicas e os mais afetados são os profissionais de saúde responsáveis pelo primeiro atendimento e pelo atendimento do paciente em situações críticas.

Diversos são os motivos que podem contribuir para o desenvolvimento do Burnout médico e a manifestação dos sintomas também varia entre os profissionais de saúde.

Quais os sintomas da síndrome de Burnout médico?

A sobrecarga de trabalho é o principal motivo apontado para a manifestação dos sintomas da síndrome de Burnout. Entre esses sinais, destacam-se:

  • depressão;
  • baixa autoestima;
  • exaustão física e mental;
  • sentimento de incapacidade;
  • falta de entusiasmo pelo trabalho.

Todos esses sintomas refletem em outras situações que acabam fugindo do controle do médico, como nervosismo, prostração, dificuldade de concentração, pessimismo, isolamento e cinismo.

O sentimento de fracasso e incompetência pode levar o profissional de saúde ao distanciamento mental do trabalho e, consequentemente, à diminuição da eficácia profissional.

Quais motivos levam ao desenvolvimento do Burnout médico?

As principais causas apontadas para a manifestação do Burnout médico estão relacionadas com a obrigação de lidar com uma cobrança excessiva para melhores desfechos clínicos.

A pressão pelo desempenho de uma conduta médica excelente, sem falhas no diagnóstico e tratamento dos pacientes, levam o médico a uma cobrança excessiva de si mesmo.

Somado a isso, a impossibilidade em fornecer os melhores atendimentos aos pacientes, em especial na rede pública de saúde, levam médicos e profissionais de saúde a sentirem-se incapazes.

Outro agente para o desenvolvimento da síndrome de Burnout é o excesso de horas trabalhadas, em contrapartida, a redução do convívio social e atividades de lazer.

Além disso, cada vez mais, médicos queixam-se de salários reduzidos frente à jornada de trabalho excessiva.

Como evitar a síndrome de Burnout médico?

Pode parecer contraditório, mas muitos médicos dedicam-se tanto à promoção da saúde de seus pacientes que deixam de cuidar de si mesmos.

Reconhecer o momento de descanso e pausas durante a rotina é fundamental para evitar possível manifestação do burnout médico. Além disso, férias regulares e prática de hobbies favorecem a distração e pensamentos relacionados à rotina médica e gestão clínica. Nesse contexto, os exercícios físicos são bons aliados.

Outro desafio para muitos médicos é manter uma rotina de sono adequado, principalmente, quando a prática clínica é noturna. Ter um sono de qualidade é um dos principais fatores para evitar o esgotamento profissional e outros sinais, como estresse e concentração.

Cuidar de si mesmo é o maior desafio para muitos médicos. Compreender os limites e compartilhar os medos e receios é o primeiro passo para reconhecer que mudanças precisam ser realizadas.

Nosso conteúdo médico sobre o assunto possui orientação para aplicar o autocuidado na prática clínica, evitando o desenvolvimento do Burnout médico. Acesse esse e outros temas importantes sobre saúde mental e aprimore, cada dia mais, sua experiência com a Medicina.

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Comentários

Leave a Reply

Posts relacionados

médico aplicando a telecardio

O que é telecardio?

A telecardiologia, também chamada telecardio, é uma das especialidades médicas que mais se beneficiaram das inovações tecnológicas no campo da Medicina, possibilitando inúmeras vantagens para médico e paciente. A necessidade

SAIBA MAIS

Alterações nos Termos de Uso

Os termos de uso do Medpedia foram alterados. Você pode aceitar ou recusar através do centro de preferências ou através dos botões abaixo. Para continuar utilizando o MedPedia você precisa concordar com os novos termos de uso.