Inteligência artificial na medicina: qual impacto para a saúde? - Medpedia
24

Inteligência artificial na medicina: qual impacto para a saúde?

ferramenta de inteligência artificial com um holograma do cérebro

As técnicas de inteligência artificial empregadas na medicina possuem aplicações diversas, auxiliando na conduta do médico. O impacto dessa tecnologia garante diagnósticos mais precisos e tratamentos mais eficientes.

Inteligência artificial é um conceito que remete à atribuição de determinadas ações, antes desempenhadas pelos humanos, às máquinas. Na prática, a inteligência artificial faz uso de sistemas informatizados e símbolos computacionais para imitar o comportamento humano.

A aplicação de inteligência artificial na medicina já é uma realidade nas instituições de saúde e na conduta médica. Os algoritmos são capazes de analisar dados e auxiliar no diagnóstico de doenças e na recomendação de futuros tratamentos.

A popularidade da inteligência artificial na medicina ganhou notoriedade há alguns anos, principalmente, com a evolução dos processadores cada vez mais rápidos e tecnológicos. Esse avanço também só foi possível com a disponibilidade dos grandes bancos de dados (Big Data) e o compartilhamento das informações.

Como a inteligência artificial é aplicada na medicina?

A inteligência artificial é uma tecnologia que tem como referência a rede neural do cérebro e utiliza as camadas de informações, incluindo algoritmos, para aprender a entender os dados.

Os algoritmos de inteligência artificial aplicados na medicina moderna são aqueles que desempenham uma única função, chamados de algoritmos restritos.

Nessa temática, o termo machine learning se destaca como a capacidade dos algoritmos aprenderem baseando-se nos exemplos. Assim, os algoritmos não desempenham as funções programadas pelos humanos, a tomada de decisão é baseada em critérios próprios, a partir das experiências e de um banco de dados.

Um dos grandes benefícios de utilizar o machine learning na medicina é para o diagnóstico de diversas doenças. A tecnologia oferece precisão na análise e disponibilidade dos exames. Com um extenso banco de dados de sintomas dos pacientes, é possível encontrar padrões para cada doença e, assim, o software consegue verificar se o indivíduo possui determinada patologia.

O diagnóstico eficaz é apenas um dos impactos positivos que a inteligência artificial pode inferir na saúde.

Impacto da inteligência artificial para a saúde

A inteligência artificial tem sido empregada na medicina desde o início do século XXI, por meio dos equipamentos modernos que reúnem e compartilham grandes quantidades de dados em sistemas de informação.

As ferramentas de inteligência artificial podem também identificar relações significativas em dados brutos com potencial de serem aplicadas em diversos campos da medicina, como: desenvolvimento de medicamentos, tratamento e assistência ao paciente, decisões operacionais e financeiras.

Os benefícios da inteligência artificial, por meio dos algoritmos inteligentes, facilitam o aperfeiçoamento dos sistemas médicos e também ajudam na redução de custos e em um processo mais efetivo.

Hoje, ferramentas sofisticadas de machine learning que usam redes neurais artificiais demonstraram oferecer suporte às habilidades humanas na realização de algumas tarefas médicas.

Um estudo realizado em Harvard, em 2016, utilizava a inteligência artificial para identificar metástases de câncer de mama em linfonodos e apontou que a inteligência artificial foi capaz de diagnosticar a doença com uma acurácia de 92%. O mesmo estudo revelou que médicos patologistas foram eficazes em 96% no diagnóstico da mesma patologia. Quando analisada a sinergia entre médicos patologistas e a inteligência artificial, a eficácia no diagnóstico foi de 99,5%.

Assim, a inteligência artificial não deve substituir o papel dos médicos, na verdade, ela é uma aliada dos profissionais de saúde. Os avanços da inteligência artificial possibilitam melhorias na qualidade da conduta médica, com resultados precisos e ágeis.

A maior mudança que a inteligência artificial gera na saúde está relacionada à transformação do papel do médico na experiência de seus pacientes. Conhecer os usos da inteligência artificial na conduta médica é fundamental para acompanhar as inovações da saúde. Acesse nosso conteúdo sobre o tema e use a tecnologia a seu favor beneficiando a relação médico-paciente.

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Comentários

Leave a Reply

Posts relacionados

Alterações nos Termos de Uso

Os termos de uso do Medpedia foram alterados. Você pode aceitar ou recusar através do centro de preferências ou através dos botões abaixo. Para continuar utilizando o MedPedia você precisa concordar com os novos termos de uso.